Actividades SPM, Concurso Comunicação de ciência em microbiologia, Dia Internacional do Microrganismo

Divulgação da ciência: Probióticos, as super-bactérias

Os probióticos são microrganismos que, para além de ajudarem a combater as bactérias patogénicas (que causam doenças) e de nos manterem protegidos, desempenham muitas outras funções que podem ser essenciais à nossa saúde!

(clique na imagem para aumentar)

Um grande número de bactérias habita no nosso corpo. Algumas, as chamadas patogénicas, conseguem causar doenças, mas existem também bactérias benéficas que nos ajudam a manter saudáveis. As bactérias probióticas são bactérias vivas que, quando consumidas, exercem efeitos benéficos na nossa saúde.
Estes efeitos incluem combater as bactérias patogénicas (ou seja, as bactérias que causam doenças) e estimular o nosso sistema imunitário para estarmos sempre protegidos. Elas também fortalecem a barreira do nosso intestino (evitando a passagem das bactérias patogénicas para a corrente sanguínea) e produzem vitaminas importantes (como por exemplo, as vitaminas do complexo B). Para além disto, também conseguem regular o nosso sistema nervoso central (que inclui o nosso cérebro!), e alguns cientistas acreditam que estas podem melhorar sintomas de ansiedade e de défice de atenção.
As espécies mais comuns de probióticos pertencem aos géneros Lactobacillus e Bifidobacterium, embora algumas espécies do género Streptococcus também sejam probióticas. Hoje em dia, os probióticos podem ser incorporados em vários alimentos, como por exemplo iogurtes, leite, gelados, cereais, queijos, sumos, bolachas e até chocolates. Para além disto, existem também disponíveis no mercado suplementos alimentares que podem ser consumidos em vários formatos (como em pó ou em cápsula).
Os probióticos podem ajudar no tratamento e prevenção de dores de barriga e diarreia e na prevenção de alergias em crianças, podem melhorar sintomas de intolerância à lactose e ajudam também a tratar infeções. Atualmente, os cientistas estão a estudá-los com o objetivo de compreender como estas bactérias podem contribuir para o tratamento de várias doenças, de modo a fazer dos nossos amigos probióticos os super-heróis da medicina do futuro!

Menção honrosa (categoria júnior) da 3º Edição do Concurso “Comunicação de ciência em microbiologia.

Autores: Carolina Costa, Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar da Universidade do Porto