Concurso Comunicação de ciência em microbiologia, Dia Internacional do Microrganismo

Divulgação de ciência: “Dúvida existêncial”

Divulgamos hoje mais uma das menções honrosas atribuídas aos estudantes da Escola Secundária de Arouca, com um trabalho dedicado à Estratégia de sobrevivência dos microorganismos.

Legenda: “O laboratório da Oficina de Ciência da Escola Secundária de Arouca permite a aprendizagem de algumas técnicas básicas de manipulação de microorganismos (bactérias e fungos) e dos seus tipos de reprodução. A fotografia foi conseguida pela montagem e emprego de diferentes técnicas e meios para cultivo de fungos.  O microorganismo usado foi o Penicillium, inoculado por espalhamento de esporos recolhidos de um limão, sobre a superfície da placa com meio Batata Dextrose Agar (BDA), incubada por 4 dias em estufa a 24°C.  Desta cultura foram cortados dois pequenos círculos (olhos) e três faixas (boca e sobrancelhas), preenchendo os espaços deixados para os “olhos” e “boca” com um novo meio de cultura – Rose Bengal chloranphenicol Agar. As “sobrancelhas” foram obtidas por montagem a partir de outra placa com micélio de Penicillium com maior estado de maturação (8 dias de incubação).
Quis transmitir através desta foto um rosto construído com micélio de Penicillium, com uma expressão de dúvida e pensando como poderá alcançar um novo substrato para garantir a sua sobrevivência. O balão de pensamento, como é usado na banda desenhada, foi conseguido dispondo caixas de Petri de diferentes tamanhos e um vidro de relógio. O Penicillium tem uma grande capacidade de dispersão e colonização de substratos graças ao seu tipo de reprodução por esporulação. Desta forma, só pelo desenvolvimento dos seus esporos (exósporos) poderá alcançar um novo limão. O futuro da existência deste microorganismo (Penicillium) que se encontra confinado à caixa de Petri, estará dependente de conseguir alcançar um novo substrato – o limão.”

Menção Honrosa (categoria Júnior) da 1º Edição do Concurso “Comunicação de ciência em microbiologia.

Autor: Ana Beatriz dos Santos Machado (Escola Secundária de Arouca)