Noticias gerais

Tributo a Milton S. da Costa (22 Fevereiro 1948 – 7 Janeiro 2020)

Milton S. da Costa foi um microbiólogo fascinado por estilos de vida exóticos que, no complexo mundo microbiano, se escondem em lugares inesperados. Graças à sua formação de base, observava a natureza através das lentes da Biologia, onde os microrganismos não são mais do que criaturas maravilhosas, essenciais aos ecossistemas, contrariando a visão redutora, e muito comum nos anos 80, de que os micróbios são seres perigosos.

 

Foi esta visão, transmitida por um Professor com um peculiar sentido de humor, que apaixonou estudantes e jovens investigadores e causou a admiração de seus pares em todo o mundo.

Na sua profícua carreira de investigação interessou-se por explorar os mecanismos que as bactérias usam para poder viver sob condições extremas, fosse qual fosse o factor que tornava um dado ambiente hostil à sobrevivência dos seres vivos comuns. Explorar ambientes exóticos devido às altas temperaturas, à radiação ou à baixa actividade de água, fazia parte dos seus planos quando, nos anos 70, deixou o Arizona e, mais tarde, Indiana, nos EUA, e voltou à antiga, encantadora e tranquila cidade de Coimbra.

Foi como Professor da Universidade de Coimbra que o então jovem investigador deu os primeiros passos para criar o Laboratório de Microbiologia do Departamento de Zoologia da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra. Este Laboratório viria a contar com uma equipa de entusiastas caçadores de micróbios! À colheita de amostras em locais bonitos e por vezes inóspitos, seguia-se o afã do isolamento e caracterização de bactérias, vindas de fontes tão diversas como nascentes de água mineral ou geotermais, algumas com temperaturas acima de 70 ºC. Os ambientes marinhos surgiram neste contexto e assim surgiu o interesse pela pesquisa de novos solutos compatíveis, acumulados por organismos termo-halofílicos. Esta foi uma pedra angular de sua carreira. Ao longo dos anos, as equipas coordenadas por Milton Costa recuperaram, caracterizaram e deram nome a quase uma centena de isolados que até então eram desconhecidos. Esta foi uma jornada absolutamente fantástica, principalmente na era pré-genómica.

Global como o mundo microbiano, a rede de colaboração de Milton Costa não conhecia fronteiras, fossem técnicas ou geográficas. Entre os múltiplos reconhecimentos e responsabilidades científicas que lhe foram atribuídos, Milton Costa foi presidente da Sociedade Portuguesa de Microbiologia (SPM, 1996-2002) e da Federação das Sociedades Europeias de Microbiologia (FEMS, 2007-2010). Presidiu o Comité de Microbiologia Marinha e Biotecnologia da Comissão de Ciência do Mediterrâneo (CIESM, 2010-2013) e o Comité Internacional de Sistemática de Procariotas (ICSP, 2014-2017). Em sua honra, o seu nome foi atribuído a uma bactéria, Chitinophaga costaii, como reconhecimento das suas contribuições à taxonomia bacteriana.

Quem trabalhou com o Dr. Milton, sabe como profundidade, rigor, honestidade e confiança eram palavras-chave na sua investigação, não importa se se tratava de uma experiência simples ou de um projecto complexo. Homem de temperamento forte, Milton Costa, conseguia arrancar uma boa gargalhada a todos os que o rodeavam com o seu grande sentido de humor.

Este breve tributo, assinado por muitos, representa todos aqueles que com o Dr. Milton aprenderam a admirar e a descobrir o fascinante mundo dos micróbios. Será dessa forma que será lembrado!

milton-costa-750x500-1

 

Nome (formação com o Dr. Milton; afiliação actual)

  • Alexandra Branco Diogo (Mestrado 1996; Professora do Ensino Básico e Secundário)
  • Ana Nobre (Doutoramento 2012; Departamento de Ciências Médicas e Instituto de Biomedicina – iBiMED da Universidade de Aveiro)
  • Ana Paula Chung (Doutoramento 2006; Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade de Coimbra)
  • André Antunes (Doutoramento 2006; Macau University of Science and Technology (MUST)- State Key Lab of Lunar and Planetary Sciences)
  • António Veríssimo (Doutoramento 1998; Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade de Coimbra)
  • Carla Miguel (Licenciatura 2000; Laboratório de Microbiologia de Águas, Faculdade de Medicina, Universidade de Coimbra)
  • Catarina Ferreira (Doutoramento 2016; Escola Superior de Biotecnologia, Universidade Católica Portuguesa)
  • Catarina Requeijo (Licenciatura 1996; Artemrede)
  • Célia Alcobia Gomes (Mestrado 1996; Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra)
  • Célia M. Manaia (Doutoramento 1995; Escola Superior de Biotecnologia, Universidade Católica Portuguesa)
  • Conceição Egas (Doutoramento 1997; Biocant e Centro de Neurociências)
  • Cristina Almeida Aguiar (Licenciatura 1990; Universidade do Minho)
  • Fernanda Nobre (Doutoramento 1991)
  • Filomena Duarte (Licenciatura 1986; Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária)
  • Gina Marrão (Mestrado 1994, Laboratório de Microbiologia do Serviço de Patologia Clínica do Centro Hospital de Leiria)
  • Joana Cardoso da Costa (Doutoramento 2008; Centro de Ecologia Funcional, Universidade de Coimbra)
  • Luciana Albuquerque (Mestrado 2001; Centro de Neurociências, Universidade de Coimbra)
  • Luís França (Doutoramento 2013; Destilaria Portuguesa, S.A.)
  • Manuel A. S. Santos (Estágio de Licenciatura em 1986 e bolseiro JNICT em 1987; Departamento de Ciências Médicas e Instituto de Biomedicina – iBiMED da Universidade de
    Aveiro)
  • Nuno Empadinhas (Doutoramento 2005; Centro de Neurociências, Universidade de Coimbra)
  • Olga C. Nunes (Doutoramento 1996; Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto)
  • Paula V. Morais (Doutoramento 1992; Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade de Coimbra)
  • Sofia Cunha (Doutoramento 2013; Laboratório MAREFOZ)
  • Sónia Gonçalves Pereira (Mestrado 2008; Instituto Politécnico de Leiria)
  • Susana Alarico (Doutoramento 2009; Centro de Neurociências, Universidade de Coimbra)
  • Zélia Silva (Doutoramento 2006, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Nova de Lisboa)

 

Laboratório de Microbiologia Centro de Neurociências/Biocant (Direção do Professor Milton da Costa)

  • Ana Carina Fernandes Costa Dias; 2007 – presente
  • Ana Catarina Rodrigues dos Santos (Licenciatura 2019); 2019 – presente
  • Ana Margarida da Graça Tavares Ferreira (Mestrado 2002); 2002 – presente
  • António José Azinhaga Teles Grilo; 2001 – presente
  • Carlos Ribeiro Pinto; 2015 – presente
  • Catarina João Marques Simões (Licenciatura 2003); 2005- presente
  • Diana Patrícia Dias Vitória; 2007 – presente
  • Fátima da Conceição Barreto Folhas; 2001 – presente

Uma opinião sobre “Tributo a Milton S. da Costa (22 Fevereiro 1948 – 7 Janeiro 2020)”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.