Sociedade Portuguesa de Microbiologia

Portuguese Society of Microbiology

Tributo ao Professor Artur Torres Pereira

Faleceu na passada semana, aos 91 anos de idade, o Professor Artur Torres Pereira, um dos notáveis pioneiros da Microbiologia em Portugal. Do seu perfil biográfico disponível na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na Sociedade das Ciências Médicas de Lisboa e numa biografia publicada pelos Arquivos do Instituto Bacteriológico Câmara Pestana1, regista -se um percurso notável na área da Microbiologia Médica, iniciado com a licenciatura em Medicina concluída em 1948. Entre as suas múltiplas intervenções destacam-se os trabalhos no âmbito das infecções por estafilococos, que lhe mereceram reconhecimento internacional. Esteve ligado a múltiplas organizações de relevo, desde o Instituto Bacteriológico Câmara Pestana (1977-94), à Academia das Ciências de Lisboa (2002), passando pela Sociedade das Ciências Médicas, da qual foi Presidente (1977-85). Durante estes anos esteve também ligado à Sociedade Portuguesa de Microbiologia que presidiu entre 1984 e 1994. Como é característico dos grandes homens, não foi apenas pela ciência que marcou todos os que o rodeavam. A sua elevada robustez moral, a par de um espírito inovador e meticuloso, permitiram-lhe trilhar novos e frutíferos caminhos junto dos que com ele conviveram, e deixar uma indelével marca para as gerações futuras. A Ordem de Mérito, Grã-Cruz (2002), uma Menção Honrosa com grau de excelência (Ministério da Educação, 1994) e a Medalha de Ouro de Serviços Distintos do Ministério da Saúde que lhe foi atribuída em 2012 são parte do reconhecimento do seu mérito.

 

1 J. Melo Cristino. O Professor Artur Torres Pereira. Arquivos do Instituto Bacteriológico Câmara Pestana 23: 81-88, 1999.

 

 

torres pereira

 

 

Information

This entry was posted on 20/03/2015 by in Noticias gerais.

Navegação

Clique aqui para acesso directo a todos os conteúdos de:

Adicione aqui o seu email para receber as notícias da SPM.

Com o apoio de:

%d bloggers like this: