Sociedade Portuguesa de Microbiologia

Portuguese Society of Microbiology

PhD highlights: Ângela França

Título: A caracterização das interações moleculares entre os biofilmes de Staphylococcus epidermidis e o sistema imunitário do hospedeiro

A formação de biofilmes na superfície de dispositivos médicos invasivos é o mais importante fator de virulência da espécie Staphylococcus epidermidis (Vuong et al., 2004). A formação de biofilmes e a libertação de células destes para o meio envolvente está frequentemente associada ao desenvolvimento de importantes infeções crónicas (Costerton et al., 1999) e agudas (Wang et al., 2011), respetivamente. Estas infeções têm um importante impacto na qualidade de vida dos pacientes bem como para o sistema nacional de saúde. Há, assim, uma necessidade premente de estudar as interações entre os biofilmes de S. epidermidis, e as células libertadas pelos mesmos, com o sistema imunitário do hospedeiro, de forma a podermos desenvolver estratégias novas e eficazes contra estas infeções.

Nesta tese estudou-se a interação de biofilmes de S. epidermidis com o sangue humano, e a caracterização fenotípica das células libertadas pelos biofilmes bem como a sua interação com o sistema imunitário do hospedeiro. Os resultados obtidos evidenciaram que a sobrevivência dos biofilmes de S. epidermidis no sangue humano está primariamente ligada à síntese de moléculas essenciais como aminoácidos, e sequestro e utilização de ferro. Adicionalmente, demonstramos que as células libertadas pelos biofilmes apresentam um fenótipo único, exibindo características particulares das células planctónicas, bem como das células do biofilme. Estas particularidades resultam num estímulo específico do sistema imunitário do hospedeiro.

O trabalho desenvolvido nesta tese abriu, portanto, novas oportunidades para prevenir os eventos patológicos associados com estas infeções, por vezes severas, altamente prevalentes na sociedade.

frança

Agradecimentos: O trabalho apresentado nesta tese foi financiado pelo Fundo da União Europeia (FEDER/COMPETE), Fundo Nacional Português (FCT) através do projeto com a referencia FCOMP-01-0124-FEDER-014309 (PTDC/BIA-MIC/113450/2009) e por uma bolsa individual de doutoramento com a referencia SFRH/BD/62359/2009.

Referencias

Costerton JW, Stewart PS, Greenberg EP. (1999) Bacterial
biofilms: a common cause of persistent infections. Science, 284 (5418): 1318-22

Vuong C, Kocianova S, Yao Y, Carmody A ,Otto M. (2004) Increased colonization of indwelling medical devices by quorum-sensing mutants of Staphylococcus epidermidis in vivo. J. Infect. Dis., 15: 1498-1505.

Wang R, Khan BA, Cheung GY et al. (2011) Staphylococcus epidermidis surfactant peptides promote biofilm maturation and dissemination of biofilm-associated infection in mice. J.Clin.Invest., 121: 238-248.

Curso Doutoral: Engenharia Biomédica

Ano de Conclusão: 2013

Instituição: Universidade do Minho

Orientadores:

Nuno Cerca (Departamento de Engenharia Biológica, Universidade do Minho, Portugal);

Manuel Vilanova (Departamento de Imuno-Fisiologia e Farmacologia, Instituo de Ciências Biomédicas de Abel Salazar, Universidade do Porto);

Gerald Pier (Division of Infectious Diseases, Department of Medicine, Brigham and Women’s Hospital, Harvard Medical School).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 29/12/2013 by in Magazine SPM and tagged .

Navegação

Clique aqui para acesso directo a todos os conteúdos de:

Adicione aqui o seu email para receber as notícias da SPM.

Com o apoio de:

%d bloggers like this: