Sociedade Portuguesa de Microbiologia

Portuguese Society of Microbiology

Gulosibacter molinativorax ON4

A relativa lentidão com que a evolução biológica se processa faz com que muitos poluentes orgânicos se acumulem no ambiente por não existirem na natureza enzimas/organismos que os possam metabolizar. O herbicida molinato é disto um exemplo. Dos poucos degradadores de molinato que se conhecem, apenas a estirpe Gulosibacter molinativorax ON4T é capaz de levar à mineralização deste composto sem a acumulação de metabolitos com toxicidade acrescida.

Artigo por Olga C. Nunes, A. Rita Lopes. Faça o download aqui.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 28/03/2013 by in Magazine SPM and tagged , .

Navegação

Clique aqui para acesso directo a todos os conteúdos de:

Adicione aqui o seu email para receber as notícias da SPM.

Com o apoio de:

%d bloggers like this: